Grand Mercure: Autenticidade Urbana no Rio de Janeiro e em São Paulo

Em recente ida a negócios em São Paulo hospedei-me pela primeira vez no hotel Grand Mercure Ibirapuera. Vou com certa frequência à capital paulista e sempre busco experimentar hotéis em pontos diversos da cidade. Confesso que nesta ida à cidade minha motivação foi guiada pela curiosidade em experimentar outros hotéis do selo Grand Mercure, que faz parte da vasta gama hoteleira da gigante rede francesa Accor.  E a explicação por trás de tanta curiosidade foram as repetidas estadas no hotel Grand Mercure Riocentro, zona oeste do Rio de Janeiro, onde fui convidado a organizar o projeto de verão do próprio hotel apelidado de “Grand Sunset”.

DSC_0002
Piscina do Grand Mercure Riocentro ao por do sol durante o ‘Grand Sunset’

 

Antes de falar sobre a minha experiência no hotel Grand Mercure Ibirapuera, me sinto no dever de falar um pouco sobre o seu “vizinho” carioca, onde me hospedei em três ocasiões distintas durante os meses de verão.

DSC_0184
Um visitante sorridente em frente ao painel em azulejos no lobby do Grand Mercure Riocentro

 

O Grand Mercure Riocentro fica em uma área do Rio que pouco conhecia. Próximo da Cidade Olímpica, palco das Olimpíadas do Rio de 2016, e da Cidade do Rock, onde acontece um dos maiores eventos de música do mundo, o “Rock in Rio”, o Grande Mercure Riocentro está praticamente colado ao maior centro de convenções da América Latina, o Riocentro.

DSC_0904
Vista panorâmica da Cidade do Rock e da Cidade Olímpica do Rooftop do Grand Mercure Riocentro

O Grande Mercure Riocentro é um hotel espaçoso e contemporâneo. Logo na entrada nota-se o cuidado com detalhes através do mobiliário de design assinado e do lobby de pé direito alto, emoldurado por grandes painéis de azulejo em forma de mosaico assinados por Muda. Os quartos são igualmente modernos e confortáveis seguindo o padrão de arquitetura contemporânea que permeia o vasto empreendimento.

DSC_0050
Suíte com varanda do Grand Mercure Riocentro

 

O Grand Mercure Riocentro segue o padrão cinco estrelas, mas arriscaria dizer que o café da manhã confere um estrela extra devido a variedade e apresentação dos pratos. Além dos tradicionais quitutes matinais de um hotel de luxo, o desjejum do Grand Mercure Riocentro tem estação de pratos quentes com ítem dignos de um reforçado brunch, como legumes grelhados, peito de frango e batata doce.

DSC_0117
Café da manhá do Grand Mercure Riocentro

Já no Grand Mercure Ibirapuera, é notável a influência francesa em todos os ambientes do hotel (o hotel já abrigou a bandeira Sofitel). O lobby, como o seu vizinho carioca, também é grandioso, mas notavelmente diferente. A simétrica escadaria principal, em mármore flutuante recoberto por tapete vermelho, já foi prêmio da arquitetura paulistana e oferece as boas vindas com todo o requinte de um hotel que preza pela qualidade, solidez e amabilidade em todos os serviços que oferece.

DSC_0287
Escadaria do hotel Grand Mercure Ibirapuera

O check in é feito sentado, o que faz com que a primeira impressão seja a de uma experiência intimista e bastante pesssoal. Algo que também chama a atenção, e aguça os sentidos, é o perfume das delícias que saem do forno frescas e quentinhas da famosa boulangerie do hotel alí ao lado. Merveilleux e perigosamente dangereux para quem tenta manter a rotina fitness fora de casa!

DSC_0729
Vitrine gourmet da boulangerie do Grand Mercure Ibirapuera

Fiquei hospedado no décimo oitavo andar, em uma elegante e espaçosa suíte júnior. O visual do parque do Ibirapuera através da grande janela de vidro com isolamento acústico fez com que eu passasse horas a fio desfrutando do grande cartão postal paulistano do pargue do Ibirapuera.

 

DSC_0934
Vista panorâmica do parque do Ibirapuera e centro de São Paulo do Grand Mercure Ibirapuera

A localização do Grand Mercure Ibirapuera é conveniente, não somente para o parque do Ibirapuera, mas também para o aeroporto de Congonhas, distante a poucos quilômetros do hotel. A área de lazer do Grand Mercure Ibirapuera é outro ponto alto, pois dispõe de piscina, academia, quadra de tênis e área de SPA com sauna seca e cabine de massagem.

DSC_0274
Academia equipada em frente a quadra de tênis do Grand Mercure Ibirapue

 

 

 

A gastronomia do Grand Mercure Ibirapuera não se limita as delícias de sua boulangerie. Muito pelo contrário, o hotel apresenta várias opções gastronômicas, como o lobby bar, onde acontece todas as quartas o animado happy hour com música ao vivo, o restaurante Aquarelle, onde é servido tanto o pétit-dejeuner quanto o almoço, e o renomado restaurante de haute cuisine Pierre Verger.

DSC_0936
Café da manhã no restaurante Aquarelle

Ambos hotéis Grand Mercure,  Riocentro e Ibirapuera, trazem o conceito de hotelaria de luxo para as duas maiores cidades brasileiras com originalidade e elegância. Ambos demonstram a preocupação com atendimento personalizado e oferecem conforto e eficiência em seus serviços. Contudo, cada Grand Mercure trilha por caminhos próprios, com características individuais que refletem seu próprio regionalismo. Regionalismo que, por fim, faz com que cada estada seja única e memorável.

DSC_0740
Gus Dantas, publisher http://www.gusdantaslife.com com o famoso mil folhas do Grand Mercure Ibirapuera

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s