TAP Rio-Lisboa: Classe Executiva ou Econômica?

Para quem viaja a Portugal e deseja o conforto e espaço da classe executiva, paira a pergunta: o valor cobrado por um bilhete na classe executiva da companhia portuguesa TAP compensa? A TAP opera voos diretos do Brasil a Portugal partindo diariamente e sem paradas de várias cidades brasileiras. Não resta dúvidas que um voo non-stop é sempre o mais conveniente quando se cruza o Atlântico. Mas será que o alto valor cobrado pela TAP por um bilhete em classe executiva realmente vale a pena? A resposta vai depender muito do que se espera desta classe e do valor final pago.

 

Se houver uma boa promoção de tarifas para a classe executiva ou redução de milhas na emissão de um bilhete prêmio, a viagem mais curta entre o Brasil e a Europa pode ser vantajosa nesta classe. O problema da TAP é que, para os dias atuais, sua classe executiva se encontra defasada em relação a outras companhias aéreas devido a idade das aeronaves e ao estado e formato dos assentos.

 

Em julho de 2016, pouco antes do meu embarque para Lisboa no aeroporto internacional do Rio de Janeiro, Galeão, recebi um upgrade para voar na classe executiva. O voo estava com overbooking e devido ao meu status gold de viajante frequente com as companhias parceiras da Star Alliance, fui concedido o upgrade.

 

Ao entrar na cabine nota-se o estado de conservação das poltronas, pois a cabine mostra a idade de seu uso frequente. Sim, é indiscutível o espaço que se tem por poltrona nesta classe, contudo a maior parte das companhias aéreas hoje em dia oferece flat-beds, ou camas que reclinam por completo em 180 graus na posição horizontal. Já na TAP, as poltronas também reclinam, só que no apelidado estilo tobogã, que já foi várias vezes descrito como aquele em que se dorme de cinto de segurança afivelado na cintura e se acorda de coleira. O amenity kit oferecido vem dentro de uma simpática caixa de metal, mas que sempre atrai a atenção dos detectores de metal quando passados pelo raio-X dos aeroportos. Tive que descarta-la logo no meu primeiro voo dentro da Europa para não ter futuras dores de cabeça, já que estava viajando somente com bagagem de mão.

 

Quanto ao serviço de bordo, a comida e os vinhos oferecidos estavam com boa apresentação e qualidade. Contudo, algo me chamou a atenção: a falta de sorrisos nos funcionários e a lentidão do serviço. Sorrir não era o forte da tripulação da cabine executiva neste dia. E o serviço de jantar foi longo e um pouco demorado, principalmente para aqueles que desejavam ter uma noite de sono antes da chegada em Lisboa. Até para entregar os fones de ouvido houve demora. Passageiros ao meu lado pediram mais de uma vez por eles para ouvir a mesma resposta: estaremos iniciando nosso serviço em breve. Em outras companhias os fones geralmente se encontram sobre as poltronas no ato do embarque.

 

No voo de retorno ao Rio de Janeiro sentei-me na classe econômica e achei comparável às demais companhias aéreas que cruzam o Atlântico. O espaço é restrito e as poltronas reclinam muito pouco, como em praticamente toda classe econômica da atualidade. O serviço de bordo é correto para um voo diurno que sai de Lisboa pela manhã e chega no Rio ao fim da tarde. Ao contrário da lentidão da classe executiva na ida, o serviço da classe econômica pareceu rápido e eficiente. E até sorrisos estavam presentes na tripulação.

 

A TAP está com a promessa de fazer o retrofit das aeronaves que fazem a rota Rio-Lisboa ainda este ano, trazendo aviões novos e modernizados, especialmente no que diz respeito às poltronas flat-beds da classe executiva. Enquanto isso não acontece, outras companhias aéreas que atravessam o Atlântico permanecem na dianteira, oferecendo mais conforto aos seus passageiros premium. Contudo, promoções da TAP para voar na executiva com milhas reduzidas ou pagando tarifas com desconto atraentes podem compensar a viagem com mais espaço e conforto na classe executiva mesmo que dentro de uma cabine mais antiga. Portanto fique atento às promoções e boa viagem!

 

Gus Dantas, publisher gusdantaslife, viajou por conta própria pela TAP entre o Rio e Lisboa em julho de 2016.


2 comentários sobre “TAP Rio-Lisboa: Classe Executiva ou Econômica?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s